25.11.13

incógnita


Odeio a forma como você me intriga e ao mesmo tempo me deixa insegura. É tão irritante quando você simplesmente abre mão de mim, quando eu esperava que a minha frieza o fizesse correr atrás. Sempre foi mais fácil prever os passos de antigas presas, mas por que não os seus? Te sinto distante e por vezes, até desinteressado e isso, contraditoriamente, desperta ainda mais a minha curiosidade.

Sei que por trás de toda essa insegurança, de toda essa insistente espera em me fazer tomar a iniciativa, existe alguém que vale a pena desvendar. Sei também que o meu sexto sentido não erra e por isso ainda não desisti de te descobrir, mesmo que eu esteja pisando em ovos, dando passos incertos. A forma como você é simplesmente normal me assusta um pouco, pra ser sincera. Minha complicação garante que existe alguma armadilha no teu jeito tranquilo de ser - justamente o que me encanta. E isso me faz hesitar.

Meus relacionamentos sempre foram tão complicados, mas você, desde o início, me deixou bastante claro o que queria. Talvez por isso que fique na defensiva, porque sei o que você está pensando de cada passo meu. Mas com essa maneira limpa de jogar, você foi ganhando minha atenção e hoje, sei que não sou mais eu quem joga as cartas na mesa, só não sei se você já sabe disso.

E esse jogo de vontades ocultas é extremamente excitante, principalmente quando você não faz ideia do que estou pensando e eu prevejo os seus passos. Sim, quero que esse jogo seja chama pra desejo que se esconde nos mais profundos pensamentos que evito.

Você me arranca os sorrisos mais bobos, quando acredita estar sendo um bobo pra mim. Me envolve no jogo que nos criamos e nos divertimos e eu me deixo guiar pelo que conheço de ti, assim como você pelo que conhece de mim, mesmo que acredite não conhecer tão profundamente. Conhece. E sabe.

Nossa história não é agora, mas ela já começou. Ela começou no primeiro toque dos lábios que não se tocaram mais. Ela começou no primeiro sorriso tímido de que posso ter lembrança. Ela continua nas lembranças utópicas que guardo daquilo que só aconteceu em minha memória. O nosso amor é bonito porque está intocado, porque embora saibamos que vai acontecer, temos paciência de esperar para quando será.

Não seremos agora, mas seremos. Somos incógnitas um para o outro. Somos a certeza de que nosso encontro acontecerá e não será passageiro, ainda que não logo. Tenho amor pelo que teremos antes mesmo de ter, pelo que já tivemos sem saber. Você é uma incógnita para o meu coração, mas já tem lugar nele.

9 comentários:

  1. Ah, todas essas incógnitas me fazem querer descobrir mais e mais e talvez sonhar acordada vezes sem conta..
    Você não tem ideia de como meu riso se tornou bobo ao ler suas palavras, Amanda.. Lindíssimo texto!
    Beijos*:

    ResponderExcluir
  2. Vivendo e aprendendo a jogar, o jogo mais interessante da vida, que consiste unicamente em conhecer o outro e deixar que o outro a desvende.
    Quem não quer participar de uma brincadeira assim?
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. São essas incógnitas que nos fazem encantar por alguém, né? A gente se encanta a medida que vai descobrindo mais sobre a incógnita que insiste em mexer com a gente!

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Isso me lembra momentos pelo qual já passei e passo, a cada dia me encanto pela mesma pessoa, e tenho certeza que ela será a pessoa que amarei a por toda a vida. Vim aqui pra dizer voltei com meu blog, acho que não se lembra de mim rsrs mas tudo bem, vou deixar o link aqui se vc quiser me vistar , http://blogdaingridzinha.blogspot.com.br/ , Bjos

    ResponderExcluir
  6. Estou lendo seus textos aqui e me encantando a cada palavra. Você escreve super bem. Me indicaram seu blog e eu realmente amei sua escrita. Não para de escrever, flor. Continue, continue.
    Xoxo
    http://abookandacup.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá Mande
    As pessoas são complicadas mesmo, principalmente no amor. Ainda mais quando precisamos conhecer melhor os mistérios que cercam a pessoa que a gente ama. Nunca será fácil, mas é um excelente desafio. :)
    Grande abraço
    Blog Fernu Fala II
    Siga no Twitter

    ResponderExcluir
  8. Oi Amanda! Seus textos estão cada vez melhores, sinto que alguém será escritora! haha
    beijos

    ResponderExcluir
  9. Querida amiga.

    Meu desejo para os que habitam
    o meu coração,
    é um mergulho no tempo,
    onde cada dia,
    é um dia de ano novo,
    e cada sonho,
    uma senha a ser descoberta,
    nesta caminhada rumo a alegria.

    Muito obrigado por sua amizade.
    Que sejamos e façamos felizes a cada dia.

    ALUÍSIO CAVALCANTE JR.

    ResponderExcluir