2.10.12

Por fim, eu quis te dizer *

      
Perdi as contas de quantas vezes quis, depois de chegar cansada do trabalho, ver o teu carro em frente ao meu apartamento, sem eu menos esperar, pra gente terminar a conversa que não conseguimos; quantas vezes quis te ver no saguão da faculdade me esperando, sorrindo, com um buquê de girassóis, que são as minhas flores preferidas; quantas vezes quis que você cessasse fogo e a gente se desse trégua, que ignorasse as regras, que a vontade de ficar juntos que a gente tinha fosse maior do que qualquer outro motivo; quantas vezes eu quis que você invadisse os meus espaços, como sempre fez, mas que me trouxesse a segurança de que, por alguma razão, as coisas iam terminar bem; quantas vezes eu quis ser surpreendida, quantas vezes quis estar nos teus braços, novamente. Eu quis tanto, eu quis muito uma atitude sua! Talvez eu esteja mesmo exagerando, mas é que a nossa história sempre foi digna de cinema, sabe? Não consigo me contentar com esse rumo que ela tomou, com esse final de "filme caseiro", muito mal escrito, por sinal.

A gente conseguiu mesmo acabar com um sentimento que estava perto de ser indestrutível. Ou talvez, eu apenas esteja pagando por tanto tempo de felicidade sublime. Afinal, quem sou eu pra ter sido tão feliz? Só estou pagando o preço de tudo isso, até porque, isso é vida real e não filme de Hollywood, né? É que mulher tem dessas bobagens de acreditar que vai ser feliz a vida inteira, com o homem da sua vida. Droga de filme... ilude cada uma de nós covardemente e depois a vida vem e nos dá uma rasteira, quando estamos indo longe demais. O pecado de acreditar na felicidade é achar que ela é tão plena que nós não podemos ficar infelizes de novo. Mero engano.
        
O meu problema é que bato o pé e sou teimosa mesmo, vou contra o destino (se é que ele existe), vou até o fim, até mesmo quando vejo que o barco já está afundando, eu insisto. Você não suporta ver as coisas pelo fim, então corre pro seu canto, sempre prefere ficar sozinho. A gente tem isso de diferente, sabe? Na verdade, somos tão diferentes... mas toda essa oposição dava certo até um tempo atrás. Não sei como os fatos de distorceram dessa forma ou o que mudou em nós, nem parecemos as mesmas pessoas. Na verdade, acho que nem nos reconhecemos mais. Ou, finalmente estamos nos mostrando. Mas talvez o fato de eu sempre engolir a minha dor pra acolher a sua tenha passado essa imagem de mulher forte, que nada abate. O que não é verdade.
        
Sabe, eu iria segurando as pontas até o fim dessa história, só pra ver no que vai dar. Eu pagava pra ver, não sei pago mais. As minhas mão estão roxas de tanto apertar as pontas e já são tantas que eu nem consigo mais segurar sozinha. Tantas são as pontas desatadas que seriam necessárias ao menos quatro mãos pra segurar uma quantidade de pontas para que os danos ainda fossem reversíveis. Eu segurei enquanto pude, enquanto eu acreditava, ainda, em alguma coisa. Desculpa, mas não dá mais pra segurar sozinha. 

Estou bem cansada de te procurar em cada rosto que vejo, em cada foto, em cada mensagem ou ligação no celular e até mesmo online no facebook. Talvez seja hora de pararmos de ser covarde e encarar os fatos de frente, só que temos medo de admitir algo que pode nos deixar arrependidos depois, então, vamos empurrando com a barriga. Mas te peço, por favor, se não tem mais jeito, me deixa ir. Eu quero me libertar dessa dor, dessa incerteza, Quero que as coisas comecem a dar certo, pelos motivos certos.  Não só eu, imagino que você também. 
        
O que não me convence é esse fim sem ponto final.  Como assim, depois de tudo o que se passou, a gente não pôr os pingos nos i's? Será que o que a gente viveu foi tão descartável ou será que a gente se magoou tanto a ponto de não se olhar mais na face? Talvez, seja mesmo melhor a gente não conversar, afinal. Mexer em ferida expostas, entende? Acho que eu não teria nada de bom pra te falar agora. Todo o meu discurso, tudo o que eu tinha pra falar desceu em seco pela minha garganta, rasgando tudo, envenenando o coração. Sim, meu coração tá envenenado, as lágrimas não correm livres pelo meu rosto, mas estão duras, presas, frias. O coração, a alma, os olhos estão pesados. O que eu queria era um fim digno da história que a gente construiu, de olhos nos olhos, como você mesmo sempre pregou de deveria ser, mas agora foge, se esconde. Queria chorar meu último choro na tua frente, pra termos a certeza de que não estamos deixando nada que ainda importe para trás.
       
Não estou preocupada em esconder que estou triste, que estou devastada, por favor, vamos nos poupar dos orgulhos sem necessidade, esse que nunca esteve presente, mas agora você faz questão de esbanjar. Sendo bom ou ruim, tenho que sofrer, porque é a única forma de superação que encontro, pelo menos por ora. Não faço ideia do que está passando na sua cabeça agora, mas eu estou bastante cansada. Você tenta me provar toda hora que esse barco não sai mais do lugar. E não importa o quanto eu tente provar o contrário, você está tão certo disso que nem ao menos, escuta o que tenho a dizer.
        
Já entendi que o nosso filme está longe de ter um final Hollywoodiano. Cheguei num  ponto que estou de mãos atadas, e de alma limpa por saber que fui até onde podia pra salvar algo. Agora, talvez não faça mais sentido tanto esforço. Não quero remar sozinha, a maré se tornou pesada demais pra mim. Eu quis te provar de ainda valia a pena remar, mas você apenas me desencorajou, dizendo que a onda seria mais forte do que nós poderíamos suportar. Sua vez de me fazer não desistir. Eu sei que fui até onde pude pra te resgatar. E você, até onde estaria disposto a ir para me resgatar? 

*texto modificado

42 comentários:

  1. Eu tô numa fase bem esse texto mesmo :s é confuso
    Ei, encontrei teu blog por acaso na internet e amei tudo aqui! O layout é um charme, e você escreve muito bem, parabéns!
    O meu blog vai fazer 3 anos daqui a alguns meses e eu tô com uma meta de 2mil seguidores antes dessa data. Será que eu posso contar com você pra isso? Dá uma olhada, se gostar, vou adorar te ter como seguidora!!
    Te espero lá, ok?
    Bjinhoss
    http://laialisafa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Nossa que lindo esse texto, estou sensível hoje quase chorei!
    Boa terça-feira!
    Fica com Deus!
    Beijo!

    http://nannacunha.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Mande... tô extasiada com o que li.
    Parabéns pelo texto e pela maturidade pra escrever.

    ResponderExcluir
  4. Texto maravilhoso eu tive coragem de ler tudinho aushuahsuahs' adoro ler a gente espera mesmo uma atitude ás vezes em vão eles se preocupam demais em mostrar os sentimentos assim ficando 'frágeis' não gostam de admitir que também tem sentimentos....
    NaFlordaiidade (.blogspot.com) é sem o parênteses Amore *3*

    ResponderExcluir
  5. Uau!
    Vamos por partes, deixa eu primeiro te falar que achei muito fofo a sua preocupação em avisar que o texto seria longo e até ofereceu uma música para acompanhar, adorei!
    Eu sou daquelas que gosta de colocar tudo em pratos limpos e sair de alma lavada, mas tenho que concordar que às vezes o tempo é o melhor remédio e amigo.
    Torço por dias melhores ;)
    Bjs

    Rafa
    Rafaelando.com

    ResponderExcluir
  6. Uau! Que texto tocante e maravilhoso! *O*
    Quase chorei, sério. :/
    beijos

    Marina Alessandra do blog Pelos Dezoito
    @mariinaale

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito do texto. Algumas vezes amamos tanto que esse sentimento acaba desgastando, ou as vezes as pessoas precisam de apenas uma brecha pra terminar algo que com amor e força de vontade poderia dar certo! Parabens pelo texto e pelo blog!

    Beijos
    delicadaeegoista.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Por isso que nunca fui com a cara da Disney e todas aqueles contos de principe perfeito e final feliz sem problemas, acabamos nos apaixonando pelo exterior e quando vamos conhecer mais a fundo vemos que a pessoa tem defeitos. Quando isso aconteceu claro que dá uma dor e tudo mais, só que voce não pode sempre que iss acontecer achar que TEM que sofrer pra passar.


    Con amore, Donna Yellow ♥

    maybe yellow

    ResponderExcluir
  9. Muito bom o texto, vc é muito boa! Gostei do comentário da menina aí em cima também!

    Beijo, Drika.

    oucacoloridovejaalto.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi Amanda!
    Gostei muito do texto. As vezes nos esforçamos demais e acabamos cansando!

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. O texto é mt lindo! XD O triste mesmo é que a vida real sempre vem e destrói nossos sonhos românticos...

    Tem um selinho para vc no blog!

    kisses

    ResponderExcluir
  12. Menina esse texto foi pra mim rs só pode, eu to numa fase desse jeito mesmo, mas ainda estou tentando remar no barco furado, acho que esta na hora de parar, não da para remar sozinha numa maré tão pesada como você mesma disse né :/,mas é a coragem de pular e deixar tudo pra trás? isso que é o complicado né rsrs
    foi o melhor texto que eu já li ♥ serio mesmo, esta perfeito e essa musica então, é linda demais ♥ postei ele ate no meu face, com seus créditos é claro ^.^
    Bjinhos >><
    conversando-com-a-lua. blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. LINDO!!!!

    http://estilohedonico.blogspot.pt/

    xoxo

    ResponderExcluir
  14. O texto é meio de origem de drama' gostei :D

    rockdeverdadeeatitude.blogspot.com/ bj

    ResponderExcluir
  15. em primeiro lugar gostaria de agradecer pelo comentário no meu blog
    ^^ vim dar uma olhadinha no seu blog e gostei muito
    sobre o text, achei bem legal.
    adoro ler coisas novas :)
    estou te seguindo
    kissus

    ResponderExcluir
  16. Amanda, ontem uma amiga me ligou... e o engraçado é que lendo seu texto, foi como "ouvir" ela desabafando no telefone! Claro que de uma maneira um pouco diferente, mas igual sabe? Ameiiii!

    Adoro seus textos!

    Beijos, ótima quarta-feira para vc!

    Nanda

    ResponderExcluir
  17. Sempre fico super encantada por você traduzir tão bem os sentimentos, sou a rainha do orgulho, teimosa e cabeça dura, sabe? Seu blog está muito lindo, eu adoro esse espaço.

    Beijos
    http://www.brilhodealuguel.com

    ResponderExcluir
  18. Eu acho que você deveria dizer isto tudo a ele. É muito amor escondido para que algo chegue ao fim. Matar o amor deveria ser considerado crime, rs. O amor é um sentimento tão sublime e digno de divindade que não se deve acabar enquanto o existe. Fala para ele, mas se der siga em frente.

    Lindo texto e parecia ser rela, é né?

    beijos e volte sempre.
    E que bom que gostou da música do blog.

    ResponderExcluir
  19. Olá Amanda!
    Que texto maravilhoso! Li e me identifiquei bastante com tudo o que disse, parece até uma história que aconteceu comigo. Esconder o amor dói e machuca muito... E acho que quando há segurança no sentimento, o ideal é dizer tudo à pessoa que amamos. Uma coisa que chamou a minha atenção no modo que você escreve é a maturidade.
    Seu Blog é encantador, coloquei-a entre os meus favoritos.
    Beijoquinhas ;*

    http://versosmudos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gaby, não sei porque, não consigo comentar no seu blog. Meus comentários são sempre bloqueados :/

      Excluir
  20. Que lindo, acho que as vezes não aceitamos certas coisas que acontecem, mas sempre são para nosso bem.
    beijos

    ResponderExcluir
  21. oi querida,
    ahh essa música é uma das minhas preferidas *-*
    Lindo o texto. As vezes temos que nos sacrificar por alguns sentimentos, mas eles sempre nos ensinam coisas e nos fazem uma pessoa melhor :)
    boa semana
    ;*

    dudsparrow.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Olá adorei seu blog, bem criativo, mas vim te fazer um convite, da uma passada no garotos modernos e se gostar pode segui-lo que logo farei o mesmo beijos...

    ResponderExcluir
  23. eu li tudo rs Putz que triste meu, sei como é passar por isso... ruim d+ :/ sem palavras...

    ResponderExcluir
  24. "O que não me convence é esse fim sem ponto final"
    estou 'passando' por essa frase, rs.
    mas espero que eu consiga colocar um ponto final, ou uma virgula nesse momento.

    o texto foi super agradável de ler, belo post.

    ResponderExcluir
  25. Oi!
    Nossa, adorei o texto. Tão profundo e real, ao mesmo tempo. Gostei demais.
    Fiquei com os olhos banhados em lágrimas. rs
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  26. Tem nada de grande quando agente quer realmente saber o jeito que é um texto tanto faz se e grande ou pequeno! E por sinal esse é um grande texto no sentido figurado!
    Beijos,

    Umdiarioconfuso.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  27. Não assisti ainda com essa correria não tive tempo, mas estou louca para ver estão falando mesmo que está perfeito.
    Eu já assisto TVD é tipo assim a minha queridinha, sou apaixonada por essa serie <3
    ---
    Que texto profundo, mexeu comigo mesmo, gostei da parte que fala sobre a vida dar uma rasteira, concordo com essa parte.
    A vida já destruiu tantos sonhos meus :(
    Mas vamos seguir em frente e ser tentar ser feliz né.

    Beijos - Doce Timidez

    ResponderExcluir
  28. Oiiii Gatona :)

    Que Tudo!!! adorei!!! Muito bom esse texto hein !!
    e Parabéns pra sua priminha ..hehehe

    adoro sua viisitinha no meu Blog ;)
    vim retribuir e dizer tbm que estou sempre por aqui!

    http://quero-ser-ryca.blogspot.com

    bjãooo

    ResponderExcluir
  29. Nossa, quanto questionamento doloroso! D:
    Não há nada diretamente sobre isso, mas aquela velha história de passar o diálogo todo dia antes de dormir deve ser a realidade aí, né? Aquele papo que quer se ter, mas ninguém dá o primeiro passo, e isso consome por dentro :X
    Ótimo post.
    ;*

    ResponderExcluir
  30. Vale mesmo a pena ler!!!
    Adorei!!!
    Bjs...

    http://www.perfumesdapam.com/

    ResponderExcluir
  31. Hoje eu acordei com o coração tão apertadinho, que ao ler, me emocionei muito. Sem conta que se encaixou perfeitamente comigo, deve ser por isso a emoção.

    Bom dia, beijo linda. Seguindo-te.

    ResponderExcluir
  32. Aiii como eu queria ter lido isso a algum tempo atrás... com certeza iria copiar em letras e mandar como carta para alguém, que na época me fez ter os mesmos sentimentos descritos aí!
    Como sempre você arrasando com o coração das pobres leitoras! hehehe
    Bjoos

    http://www.annemartins.com.br/

    ResponderExcluir
  33. Sei muito bem como é isso, as vezes querer desistir é mais comodo, mas nem sempre vale a pena :(
    e até acredito em finais felizes, mas concerteza, tem muitas pedras e caminhos turvos até chegar lá...

    Adorei seu blog, estou seguindo ok?
    Segue o meu de volta?
    www .cupcaketaste .com

    ResponderExcluir
  34. Nossa eu sei muito bem como é pensar que chegou a hora de desistir de quem se ama. Mas é assim mesmo um amor verdadeiro tem que superar e acredita.
    Beijos

    ResponderExcluir
  35. Texto belíssimo, doce, simples e complexo ao mesmo tempo, bem escrito e cheio de sentimentos.

    "O que não me convence é esse fim sem ponto final." Essa frase me descreve em vários momentos e me tocou bastante. É sempre muito difícil colocar um fim em tudo, e mesmo depois do fim, ainda restam esperanças de que ele seja apenas uma vírgula, e não um ponto final. Mas nunca é.

    Me encantei com o blog.
    Parabéns,
    beijos e obrigada pelo comentário, fiquei feliz ao lê-lo.

    ResponderExcluir
  36. É grande sim, mas é de uma delicadeza linda tb :)
    beijos minha flor

    http://lladodedentro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  37. Incrível como sempre que eu leio posts de textos, eles falam exatamente sobre coisas que eu estou passando e sentindo nesse momento. Agora você realmente conseguiu tirar as palavras da minha boca. O texto é grandinho sim, mas eu adorei ele por inteiro e também algumas frases separadas. Você escreve super bem!
    -xoxo

    http://s2juuh.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  38. Textinho grande e lindo, Amanda! Cheio de sentimento... Beijão, flor.

    ResponderExcluir
  39. Sinceramente? Nem sei o quê comentar, parece que disse tudo, mais me pareceu um desabafo, aquele desabafo que escutamos de uma amiga e que nenhum conselho ou afirmação após ele é necessário, pelo contrário. Você sabe das coisas, sabe o certo a se fazer, sabe que já acabou e é a vez dele de não te fazer desistir, ou de desistir de vez.

    Beijos ;}
    Meu outro lado

    ResponderExcluir
  40. Enorme,mas muito lindo..adorei!

    rabiiiscosnopapel (.blogspot.com) sem os parênteses :3

    ResponderExcluir