21.4.12

Fome urgente



        Confesso que, de todas as minhas urgências, a mais voraz é a de liberdade. Liberdade do "ter", do "ser" programado. Liberdade das correntes que me prendem ao chão, das algemas imaginárias. Liberdade de mim mesma, dos meus "pré" conceitos, das opiniões formadas e dos rótulos. Dos achismos também. Liberdade do que é clichê, do que é passado, do status, das vontades fúteis. O que eu quero é acontecer. Aqui, agora. Com a alma mil vezes mais leve.

10 comentários:

  1. amei o texto, acho que a sociedade pre-julga sem conhecer e o que acaba desencadeado tantos preconceitos
    beijos
    http://lolamantovani.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Gostei do texto também. Por mais que a gente pense que está bem, ainda nós sentimos presos, sem liberdade. Pensa que somos livres, isso não é liberdade, estamos cercados leis!!
    Beijo, até mais, obrigada pela visita.
    http://luanapdomingues.blogspot.com.br/
    Estou seguindo!!

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito do texto !
    http://sweetdreamssah.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. adorei esse texto amanda! um ótimo jogo de palavras.

    ResponderExcluir
  5. Adorei o texto! Liberdade é maravilhoso... mas o que realmente significa heim? rs
    Beijos

    http://dropsparadise.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oiii, como sempre... lindo texto, belas palavras!
    Em relação ao seu comentário, procura saber mais sobre o blogosfera em rede é maravilhoso. Só é entrar no facebook e adicionar o grupo. Beijinhos

    http://aquifofura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Liberdade!!
    Amei tuas palavras, muito lindas ><
    Beeeijos ;*

    http://princesa-diferente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. É triste quando a gente percebe que tá encaixotado demais, preso em preconceitos, em "ter", em "ser condicionado". Gostei do texto :)

    Beijos
    http://www.brilhodealuguel.com/

    ResponderExcluir
  9. Um dos meus maiores sonhos é o da liberdade. As vezes me pego pensando em como é ser eu mesma. Não do jeito que sempre tento ser, mas do jeito completo, sem medos, sem indecisão.
    Adorei seus textos! :*

    http://desabafosdeumatola.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir